Bem Vindo à esse espaço que foi criado para você.

zwani.com myspace graphic comments

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Trabalhando números Naturais com alunos de baixa visão.

Sabemos que alunos com baixa visão é um desafio para educadores, o trabalho com alunos com baixa visão baseia-se no princípio de estimular a utilização plena do potencial de visão e dos sentidos remanescentes, bem como na superação de dificuldades e conflitos emocionais. Estes alunos devem aprender a perceber visualmente as coisas, as pessoas e os estímulos do ambiente. Para isto, os educadores devem despertar o interesse dos alunos e estimular o comportamento exploratório por meio de atividades orientadas e adequadamente organizadas a partir de critérios que contemplem as necessidades individuais e específicas destes alunos. Foi pensando nisso que preparei esse material

 Relatando a atividade

Foi feita uma abordagem na sala de aula a respeito dos conjuntos numéricos e partindo daí números naturais, foi falada sobre as definições e conceitos. 
O material que confeccionei para a aluna foi feito em fonte 30, me preocupei com uma linguagem simples e de fácil entendimento

" Pertencem ao conjunto dos naturais os números QUE JÁ FOI ESTUDADO ATÉ HOJE, incluindo o zero. Esse conjunto é representado pela letra N maiúscula. Os elementos dos conjuntos devem estar sempre entre chaves."
N = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, ... } 

Após trabalhar esses conceitos e discutir com todos os alunos em sala, propus uma atividades aos demais e para minha aluna portadora de baixa visão a atividade foi diferenciada. Foi confeccionado um dico em forma de varal.
Esse material foi confeccionado com prato de bolo de aniversário, e prendedor de roupa.
Eu fiz as seguintes propostas que essa aluna organizassem os números em ordem crescente e registrasse como no exemplo logo abaixo.
OS NÚMEROS NATURAIS COMEÇA NO  ZERO (0) E VAI ATÉ O INFINITO (∞)

0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7,_____, _____, _____, _____, _____, ______, ______ 
 O mais importante não é somente propor um jogo, ou um material somente por dar o registro é extremamente importante também, assim como essa atividade de registro e manipulação do material, pedi que fizesse várias outras atividades.
Identificando os números pares.
Números ímpares
Depois os sucessores antecessores. Vale lembrar que uma atividade deve está bem amarrada a outra pois o conhecimento só acontece quando praticamos o que aprendemos e os registramos.




sábado, 8 de fevereiro de 2014

Planejamento reformulado 6° ano

PLANEJAMENTO ANUAL DE

MATEMÁTICA
http://2.bp.blogspot.com/-oNb3DbgLJFg/TWhEVajy4dI/AAAAAAAAHeI/2KaTMd_wlaQ/s1600/PAGE00%257E1.JPG



1° Bimestre

1-    História dos números
2-       O nosso sistema de numeração
ü  Características importantes do nosso sistema de numeração
ü   Organização dos algarismos do sistema decimal: classes e ordens
ü  A leitura e a escrita de um número 
ü  Quadro de posição de valores
3-  Conjunto dos números naturais
 
à Conjunto dos números naturais não-nulos
    3.1 – Os números naturais
ü  - O sucessor de um número natural
ü  - O antecessor de um número natural
ü  - Os números naturais pares
ü  - Os números naturais ímpares
ü  - Números naturais consecutivos
   4-  Calculando com números naturais
   4.1 – Operações com números naturais
ü   Ideias associadas à adição e subtração e algoritmos da adição e subtração
ü  - Os termos da adição e subtração
ü  - Propriedades da adição e subtração
ü  Ideias associadas à multiplicação e divisão
ü  Os termos da subtração e divisão
ü  Propriedades da subtração e divisão
  5- Introdução á geometria
ü  Ponto
ü  Reta
ü  Semi reta
ü  Plano
ü  Figuras planas
ü  Figuras espaciais
 6- Leitura e organização de  dados
ü  Construção de tabela
ü  Construindo um gráfico de dados

Objetivos
Identificar e comparar números naturais, reconhecendo seus sucessores, antecessores, pares e ímpares;
Associar a adição de números naturais à ideia de juntar e subtração “quanto falta” ;
Identificar e relacionar adição numa forma de combinação com a multiplicação;
Abstrair figuras geométricas a partir de objetos reais
Reconhecer ponto, reta e plano
Construir tabelas e gráficos

Recursos
Material Dourado
Fichas com Quadro de posição de valores
Barbante
TNT
Papel pardo
Canetinha
Lápis de cor
Regra


2° Bimestre
ü   Organizando informações em gráficos de barras
ü   Gráfico pictórico
ü   Localização de pontos no plano cartesiano
ü   Gráfico de linhas

7 – Potenciação de números naturais
ü   Os termos da potenciação
ü   O quadrado de um número natural
ü   O cubo de um número natural
ü   Observações importantes sobre a potenciação

8-  Radiciação de números naturais
ü   Raiz quadrada exata de um número natural
ü   Os termos da radiciação

9- Expressões Numéricas

10- Divisores de um número natural
ü  Noção de divisibilidade
ü  Critérios de divisibilidade
ü  Divisibilidade por 2
ü  Divisibilidade por 3
ü  Divisibilidade por 6
ü  Divisibilidade por 4
ü  Divisibilidade por 8
ü  Divisibilidade por 9
ü  Divisibilidade por 5
ü  Divisibilidade por 10

11- Giros e ângulos
ü  Um giro pode ser medido
12 Medindo Tempo: hora minuto e segundos

Objetivos
Interpretar tabelas e gráficos
Reconhecer e aplicar propriedades à multiplicação de fatores
Reconhecer e calcular potências de expoentes 0 e 1 e raízes quadradas;
Estabelecer as convenções para os cálculos
Conceituar a divisibilidade de números naturais
Abstrair ângulos a partir de objetos reais
Associar á medida de ângulos á sua abertura

Recursos
Barbante
TNT
Papel pardo
Canetinha
Lápis de cor
Regra
Transferidor
Esquadro
Roda de bicicleta

3° Bimestre
13- Divisores, fatores e múltiplos de um número natural
ü  Quando um número é múltiplo de outro
14 – Números primos
ü  Como reconhecer outros números primo
ü  Decomposição em fatores primos

15 – Mínimo múltiplo comum
16.- Máximo divisor comum
17- Frações
ü  Noções e definições
ü  Frações e porcentagens
ü  Leitura
ü  Frações mistas
ü  Frações equivalentes
ü  Simplificação de frações
ü  Frações irredutíveis
ü  Comparação de números decimais
ü  Uso dos números decimais
ü  Adição e subtração de fração
ü  Multiplicação de fração
ü  Divisão de fração
18-  Polígonos
ü  Definições e conceituação
ü  Identificando polígonos
ü  Polígonos convexos
ü  Nomes dos polígonos

19- Triângulos, quadriláteros  e pentágonos
ü  Triângulos
è  Classificação quantos aos lados
è  Classificação quanto aos ângulos

ü   Quadriláteros
è  Classificação
20- Circunferências conceitos básicos
Objetivos
Conceituar e determinar os números primos
Decompor números compostos e números primos
Conceituar MMC e MDC
Reconhecer, definir e conceituar fração
Resolver situações envolvendo frações
Definir e reconhecer os polígonos

Recursos
Barbante
TNT
Papel pardo
Canetinha
Lápis de cor
Regra
Transferidor
Esquadro
Jogo da memória
4° Bimestre
21- Números decimais
ü  Adição e subtração
ü  Multiplicação e divisão
ü  Média  Aritméticas e porcentagens
22 Medidas
ü  Comprimento
ü  Massa
23 Sólidos Geométricos
ü  Vértice
ü  Aresta
ü  Face
ü  Paralelepípedos
ü  Prismas
ü  Pirâmides
ü  Cone
ü  Cilindro
ü  Esfera
24 Área
25 Volume
26  Eixo de simetria
Objetivos
Efetuar adição e subtração de frações números decimais
Reconhecer problemas relacionados a essas operações
Efetuar multiplicação e divisão de números decimais
Conceituar o comprimento, como medida de uma linha;
Conceituar área, volume e capacidade.

Recursos


Barbante
TNT
Papel pardo
Canetinha
Lápis de cor
Regra
Transferidor
Esquadro
Frascos de 1 litro
Copos descartáveis de várias capacidades
Jogo da memória
Material Dourado
Fichas com Quadro de posição de valores
  

AVALIAÇÃO
O processo de avaliação será contínuo e diagnóstico buscando aplicar os critérios avaliativos na aprendizagem do aluno, com o objetivo de recuperar os educandos,  através de:

·           Trabalhos individuais e em grupo;
·           Exercícios Propostos;
·           Testes individuais escritos;
·           Provas escritas.
·           Problemas matemáticos.

·          Manipulação de materiais